<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5676375\x26blogName\x3dD%C3%A6dalus\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/\x26vt\x3d-8110302918440701225', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

16.5.07

Haec Helena

1. Helena Roseta aparece enfim como a salvadora da pátria, ou melhor, de Lisboa. São muitos os que já entoam as costumadas loas - acríticas, levianas - à actual bastonária da Ordem dos Arquitectos. O programa de Roseta candidamente reclama, como seria de esperar [tal é a força da demagogia e do populismo], a demolição do atávico "aparelhismo" e do tenebroso e nunca desconstruído "sistema". Onde, e só por um mero acaso, a arquitecta se move a seu bel-prazer - e dele desfrutando - há tantos anos. Demasiados. Na direita e na esquerda, adstrita aos "aparelhos" ou como independente, fora e dentro, Helena Roseta parece deslocar-se na política de acordo com a direcção do vento e dos seus interesses pessoais. Perpassa nesta candidatura um álacre odor a hipocrisia. É mau agora o que antes era bom e nos servia tão bem, apetece dizer. Claro que só o diríamos se fôssemos Helena Roseta.
2. Com a maior das benevolências concedo a Sá Fernandes o vero estatuto de independente. Ele, e só ele de entre todos os putativos candidatos à CML, não viveu nunca no âmago do "sistema". Mas tem tramado o Sporting, recidivamente. E só isso diz muito acerca de um carácter.

Etiquetas: , , ,