<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5676375\x26blogName\x3dD%C3%A6dalus\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/\x26vt\x3d-8110302918440701225', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

20.7.08

Respectful flirt

Hi there. Atravessei a estrada. O alcatrão é negro, a noite nem por isso (demasiados postes de iluminação). Lá no fundo, nas profundezas da tenebras e de um certo silêncio gratuito (nem sequer consigo imaginar), estão os sapos todos (à espera de um beijo, os Abéis...) e uma ou duas enguias (à espera não se sabe muito bem de quê, mas, porra, não se metam na vida delas! quem sabe quais os dramas e as comédias que se lhes colam ao lombo arisco?). Are you? Ciganinha: ele não vai acreditar em nosso plano, ele sabe bem que eu não tenho sangue cigano. O que querias no fim do dia? Um sorriso e um prato na mesa? Pisga-te porco, isso é só para os ditosos filhos da pátria. Podes morrer por ela. Não podes comer o que é dela. Acredita, todas as fotografias são restos de um corpo esquecido nos alcatrões deste mundo. De um corpo agarrado à mangueira que seca todas as flores deste mundo.

Etiquetas: