<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5676375\x26blogName\x3dD%C3%A6dalus\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/\x26vt\x3d-8110302918440701225', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

19.6.07

O anónimo dos comentários

É interessante e preocupante [ou vice-versa, como queiram]. Mas porque me preocupa mais do que me interessa não vou perder muito tempo com isto. A saber: a proliferação nos blogues dos comentários anónimos, algumas vezes caluniosos, a maior parte das vezes pouco informados [para não dizer pouco letrados], também moralistas e jesuíticos. Quem é este anónimo tentacular, omnipresente e omnisciente? Quando tento responder à minha própria questão [às vezes não tenho nada mais importante para resolver] penso logo, em primeiro lugar, num gajo invejoso. É isso, o anónimo é quase sempre um gajo invejoso, alguém eivado de um sentimento de desgosto pela alegria de outrem. A invidia quase sempre desencadeia uma pulsão de dizer mal do invejado. E este anónimo - e invejoso - normalmente diz mal escrevendo mal. Em mau português e de dedo em riste: um epígono fraquinho dos inquisidores-mores. É óbvio que isto me preocupa, que me interessa. Preocupa-me mais do que me interessa. Afinal, não tenho caixa de comentários e sou um bocado egocêntrico.

Etiquetas: