<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5676375\x26blogName\x3dD%C3%A6dalus\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/\x26vt\x3d-8110302918440701225', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

12.6.04

Portugal 1 : Grécia 2

Desta vez nem podem os arautos da desgraça assacar as culpas de mais uma derrota e péssima exibição da selecção portuguesa ao guarda-redes Ricardo, bode expiatório da preferência de tantos críticos da bola. Nem eu vou conceder a responsabilidade do resultado e exibição paupérrimos ao erro infantil do Paulo Ferreira, logo nos primórdios do jogo. Isso seria demasiado fácil. Seria alinhar com a atitude mental de alguns que, na sua torre de marfim, julgam os outros com olhos vendados para si próprios. Cortando em frente, se Scolari não tresandar a burro [eu julgo que não], arruma o Rui Costa e o Simão no banco [sobretudo o primeiro, merece-o] e joga com uma equipa mais ou menos a sério. Essa, a dos últimos 15 minutos de jogo.