<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5676375\x26blogName\x3dD%C3%A6dalus\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/\x26vt\x3d-8110302918440701225', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

4.5.05

Define “Homem”. Define “Melhor amigo”.

Ao folhear o dicionário cortejo displicentemente a palavra “misantropo”, reveladora vocabular dos fiapos da minha vida. Odiei tanto os homens que pedi um cão ao meu pai. Aquiesceu. Gosta de mim, assenti. Nessa mesma noite conheci o Noki, um globo de pelo e baba, excrescendo duas orelhas e quatro patas. Crescemos juntos, crescemos bastante, apesar das nossas raças bastardas. O meu corpo glabro, o corpo felpudo do Noki, consciências biunívocas, amálgama de amor inter-específico. Um dia fui embora para estudar noutra cidade. Voltei, cinco dias depois, num domingo de beatífica sobriedade. Noki pressentiu a minha chegada, acercou-se da varanda. Sei que, desde que me recordo, vivo num intenso 5.º andar, inesperadamente rodeado de jardins [e por muita gente de bem, como costuma dizer o meu pai]. O cão não esperou que eu subisse e rompeu dos firmamentos para os meus braços. À nossa volta sussurraram as árvores, Porque ninguém nos ama assim?

Etiquetas: