<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5676375\x26blogName\x3dD%C3%A6dalus\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/\x26vt\x3d-8110302918440701225', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

29.4.04

Mais emendas, mais emendas

O primeiro-ministro turco declara-se confiante em relação às reformas que o governo quer implantar no país. Afirma que ainda perduram algumas arestas, porventura não desbastadas convenientemente, mas que as reformas atingiram o ponto de não retorno. O Boss [na casa antiga] fez a apologia de uma Turquia no limiar da modernização, não tecnológica, mas social e mental. Uma Turquia que trilha um caminho rumo à igualdade entre as mulheres e os homens, que abraça meigamente o fim da discriminação, a pluralidade de convicções, et coetera.

Uma menina de 14 anos foi assassinada pelo pai e pelo irmão por ter sido violada por um rapaz de 20 anos. Estrangulada com um fio eléctrico. Na Turquia. Onde todos os anos são cometidos dezenas de “crimes de honra”.

Passos relevantes [periclitantes também] foram dados pelo remanescente do império otomano com o intuito de arejar socialmente o país. Mas ainda existe tanto a fazer. Tanto, tanto.