<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5676375\x26blogName\x3dD%C3%A6dalus\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/\x26vt\x3d-8110302918440701225', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

23.10.06

Elogio da vida - por um caixote de lixo

São selectivos - os almeidas - mas nem por isso deixam para trás quem lhes diz algo. Por vezes acredito que me vão deixar intocado, na beira da estrada, coberto pela chuva de lágrimas que o céu carregado dispensa, ousando fitar os cães que murmuram palavras incompreensíveis, enfrentando as mãos descuidadas dos passantes. Mas isso nunca acontece, se eles aparecem tocam-me sempre com as suas luvas gastas, dessapossam-me da miríade de objectos com que me preenchem a todas as horas do do dia. Nunca fico com pena de perder o que quer que seja. As coisas que me pertencem por breves horas vão sempre para um lugar melhor, para um Timbuktu do que é afirmado como lixo. Pelo menos é o que se diz por aí, em folhetos que por vezes me vêm parar ao estômago ou que me colam na fronte. Gosto dos dias. Gosto de sentir o vento e das folhas que esvoaçam na humidade das noites. Do riso de quem se vê livre de algo com peso a mais. Gosto da vida que me destinaram: o depósito geral do que resta no final de cada refeição.