<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5676375\x26blogName\x3dD%C3%A6dalus\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/\x26vt\x3d-8110302918440701225', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

22.11.03

Hoje sei que vou dormir feliz.

E por acaso cruzas-te com aquele colega de carteira do 5º ano do ciclo, 16 anos depois, mais alto e, sobretudo, mais largo.

– Então que fazes?
- Pois, sou o melhor serralheiro mecânico de Coimbra, man. Nunca mais te vi desde o ciclo. Fui para o Porto com 12 anos, man, tas a ver?
-Continuaste a estudar lá?
-Não, man, fui trabalhar para a Somague.
- Com 12 anos?!

As vidas que um dia se cruzaram são hoje efémeros estertores de um sonho traído.

- Pois, man. Não tive possibilidades de continuar os estudos. Tinha que ganhar dinheiro. Mas hoje sou grande serralheiro, man. E tu o que é que fazes, és engenheiro?
- Por acaso não, sou antropólogo.
- Dá-me o teu contacto, man. Tenho que te dar os dados da minha família para poderes fazer a minha genealogia.
- O prazer será todo meu. Anda lá, pago-te uma lambreta.