<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5676375\x26blogName\x3dD%C3%A6dalus\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://daedalus-pt.blogspot.com/\x26vt\x3d-8110302918440701225', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

27.7.06

Anti-maniqueísmo

Em momentos de crise profunda, quando as fracturas entre povos e ideologias se exacerbam, verifica-se quase sempre a disseminação dos ismos e, quase concomitantemente, dos seus anti-. Face à guerra que opõe Israel ao Hizbollah, os campos opostos de uma das extensões da guerra - no Ocidente - parecem já perfeitamente estabelecidos: a esquerda folclórica, radical e pacifista na ilharga da causa árabe e a direita populista, liberal e guerreira do lado de Israel. Sei bem que é difícil manter uma neutralidade crítica perante os factos que vão desfilando de forma incessante nos telejornais, que o mais fácil será, porventura, abraçar a causa de um dos lados em contenda, fechar os olhos aos erros da facção perfilhada e empolar os do lado a combater: no fundo, abordar a guerra sob os auspícios de um binarismo simplista. Os maus todos do outro lado, os bons todos do nosso e as consciências tranquilas na hora de ir para a cama. Longe eles vão matando e morrendo, por aqui vamos ficando todos cegos pela explosão do mundo a preto e branco.